Comportamento, moda, fotografia, música, textos de amor e dicas. Um Blog com tudo aquilo que adoramos fazer antes de sonhar! – Por Mariana Solis

quinta-feira, dezembro 23, 2010


Meu Reflexo

Insegurança. Em você, defeito.
É tudo tão trágico e dramático que chega a ser cômico. Eu consigo entender o que passa dentro do seu coração e também da sua cabeça. Ambos vazios, tudo é apenas ilusão. Você tenta se completar com um sentimento que  não existe. Ele jamais disse que te amava, "eu também" nunca foi eu te amo. Ninguém te ama, enquanto julga ser confusa em vários amores. Amor? Quem é você pra falar de amor? O que você sente jamais foi amor, no máximo um acidente do seu "coração". Eu não vou perdê-lo, e admito, cansei desses joguinhos. Você é um reflexo distorcido de mim, seu caráter é o "meu". O que de fato te torna "sensual" é porque sua mente te falta. Seu joguinho é no corpo, não na capacidade intelectual. Essa é a nossa diferença. Seu mundo de inseguranças eu conheço bem. Faço parte dele, sou causa dele e de todas as confusões na sua mente. Sabe como o mundo te vê? Uma "adolescente" que quer aparecer. É insegura, e por isso, se importa com que os outros pensam, ou se estão olhando pra você enquanto faz um teatrinho dramático. Vazia, oca. Difícil de comunicar, porém previsível. Subjetiva, porque sua mente ofusca seu coração. Você não se entende, mas qualquer um te definiria facilmente. Essa é você, no meu melhor eu-lírico de ironias e metáforas, que te conhece tão bem. Poderia muito bem ser sua inimiga. Mas sinceramente? Não é tão legal quanto viver lado a lado, saber de todos os seus segredos e ainda te deixar com o ar de que eu confio muito em você e que de todos os meus segredos e amores, tens conhecimento. Ilude-se, minha cara. Você é o meu reflexo distorcido, por isso te entendo tão bem. Sei onde quer chegar, em quem quer chegar. Você não sabe o que é amor, por mais que ache que sabe. Seu direito de definir qualquer coisa é anulado quando te perguntam "quem é você pra falar de amor?" e nenhuma resposta vem à sua mente tão vazia. Acho que não precisaria de tanto assim. Eu poderia te mostrar o quão pouco tem com bem menos. Eu poderia te perguntar nesse momento: quem é você?
E mesmo assim, não saberia responder.
Seu corpo é o que tem de melhor? Ops!
Garota Veneno.
Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são moderados, mas sua opinião é sempre bem-vinda! Comentários desrespeitosos ou caluniosos serão banidos.
Fique livre para enviar uma sugestão, dúvida ou crítica: entre em contato comigo.
Certifique-se, antes, se a sua dúvida já está respondida no F.A.Q. Obrigada!

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t

Poderá gostar também de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...