Comportamento, moda, fotografia, música, textos de amor e dicas. Um Blog com tudo aquilo que adoramos fazer antes de sonhar! – Por Mariana Solis

sábado, janeiro 14, 2012


Dois verões e muito mais que isso

Para um amor de praia do verão passado.
Eu começo a pensar no que vivemos juntos em duas semanas inesquecíveis. Lembro das sensações que senti ao teu lado, e da forma como você conseguia cessar qualquer vestígio de dor de um ano que tinha acabado de virar. Todas as expectativas que esperava realizar em um novo ano, tu trouxe. Minha memória traz o toque da tua pele tão vívido que quase posso senti-lo aqui agora. A tua temperatura aumentava a minha de uma maneira que mal consigo entender. A tua presença fazia-me sentir um ardor tão forte no meu peito que contigo eu acreditei em todas essas baboseiras de amor de praia. O som da tua voz me acerta em cheio a cada vez que lembro de um único minuto que passei do teu lado. 
Você conheceu todos os meus segredos.
Na forma como nos correspondíamos, não era mais necessário uma palavra sequer para que eu entendesse o que tu sentia. E agora, com aquela música a soar nossa história nos meus fones de ouvidos, lembro do quanto ela marcou a nossa história. Cada instante, cada beijo, cada abraço... consagrados em palavras que descrevem tudo que senti ao teu lado. Você se lembra daquela noite que nos perdemos na praia? A maré subia. Foi amedrontador. Aterrorizante. Mas contigo, isso se fez perfeito. Teus olhos brilhavam tanto quanto a lua sobre nós. 
Eu estava completamente apaixonada por você.
E o sol há muito tempo havia se posto sem ainda termos encontrado o caminho de casa. Foi a melhor coisa que poderia ter acontecido com nós dois. No teu colo, você recitava a música que simplesmente combinava com o nosso amor. Nando Reis parecia ter adivinhado nossos destinos. Você ria e eu fazia o mesmo. O som da tua risada combinava com as ondas, e meu pulso acelerava quando meus olhos encontravam os teus, tão azuis quanto o céu sem nuvens de um porto seguro. Mas sabe, meu menino, eu já vivia todos esses momentos com tanta nostalgia. Uma hora, tudo aquilo iria embora. Nós partiríamos, com a incerteza de um reencontro. 
Você foi a minha vida, mas só durante duas semanas dela.
Eu não queria ir embora, não sem você. Tu me fez acreditar em tudo aquilo que jamais quis para mim outra vez. Contigo tive sede de um novo amor – o teu. E quando nosso elo se desfez naqueles últimos instantes que nos vimos, vi nossa história passar diante dos meus olhos, num frenesi tão intenso, que seus lábios já tinham o sabor da saudade. E isso doeu tanto. Não valeu a pena, meu amor? Eu encontrei a nossa felicidade. Mas eu precisava ir embora, eu precisava te deixar naquelas duas semanas que jamais voltariam. As lágrimas no teu rosto encontraram as minhas. E se nós nunca mais nos víssemos? Isso doeu mais ainda. Eu te perderia, você me perderia. Nossas vidas continuariam. A separação foi tão fugaz, que me senti num choque de realidade. Tudo isso só foi um sonho? Mas não, não era um sonho. Tu fostes real e meu durante duas semanas. E desde então, fez-se um ano. 
Um ano que não és mais meu.
Mas hoje, eu incrivelmente tenho o desejo de te reencontrar. Na mesma praia, no mesmo mar, na mesma música que me fez ser tua. As esperanças ressoam na alma, de que sim, você estará no mesmo lugar que eu outra vez. De novo, no nosso porto seguro. E se for para ser assim, meu menino? Ainda tenho medo. Estou cada vez mais perto de você. Talvez o destino dê mesmo suas caras e eu te veja, só para tirar essa angústia que arde no meu peito. Só que já se passou tanto tempo. Será que o nosso amor duraria dois verões? Há uma incógnita só posso desvendar contigo. Eu não sei se vai valer a pena e se nos amaríamos da mesma forma. Eu amadureci tanto na tua ausência e tu não é mais o mesmo que eu conheci. E se não for mais para ser? Talvez nos reencontremos, mas nossos corações não baterão na mesma frequência... 
Mas se acontecer de novo? 
Sol, sal, som, sua. 
Apesar de tanto, meu menino, uma parte de mim ainda implora que eu veja teus olhos azuis sob a lua, que nós nos percamos dezenas de vezes na praia. Eu nunca quis lhe dizer adeus. Acredito que eu ainda exista dentro de ti. Que em noites que a lua é cheia, tu se lembra do que me amou. Eu nunca consegui tirá-lo da minha cabeça. Você também sente uma falta louca de mim? Uma vontade que mal suporta o corpo de ter aqui para sempre? Ah, mas é sonhar tanto... É pedir tanto... Deixa eu te ter de novo, só mais um verão, mais duas semanas que fará tudo voltar a ter o gosto da paixão que tive por ti. Mas por favor não vá embora, nunca. Fica comigo, me faça acreditar que você não depende daquele sol no céu para ser o amor que eu sempre quis. Vai, me mostra como é te amar no outono quando as folhas caírem. 
Me mostra o cheiro da primavera, me esquente do frio do inverno.
Eu ainda preciso de ti, muito além do que numa história de amor de praia.
5 comentários

5 comentários:

Emanuella Casado disse...

nosso que lindooo!
*.*
tem promoção lá no blog, já viu??
beijos
http://www.amodernpinup.com

Lu Ayub . disse...

Eu tenho talento? Oo! Muito obrigada, mas seu layout é lindo e seus posts uma gracinha! Eu já estou seguindo tá bem? Beijinhos e obrigada

www.guitarra-imaginaria.blogspot.com

Girl Teen disse...

Nossa que textoo heein,amores de verão nem sempre são fáceis de lidar hein =S Amei seu textoo!

Beijos
@girlteenvip
http://girlteen-vip.blogspot.com

Bru Gonzaga disse...

Nossa que lindo amor *o* amei!
adorei teo blog, superseguindo
adoraria teer voc cmo seguidora
http://brugonzaga.blogspot.com/

Xoxo ;*;*

emanuelly cristina ∞' disse...

ai que coisa linda, amei *-*

Postar um comentário

Os comentários são moderados, mas sua opinião é sempre bem-vinda! Comentários desrespeitosos ou caluniosos serão banidos.
Fique livre para enviar uma sugestão, dúvida ou crítica: entre em contato comigo.
Certifique-se, antes, se a sua dúvida já está respondida no F.A.Q. Obrigada!

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t

Poderá gostar também de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...