Comportamento, moda, fotografia, música, textos de amor e dicas. Um Blog com tudo aquilo que adoramos fazer antes de sonhar! – Por Mariana Solis

quinta-feira, novembro 15, 2012


Qual a última vez que você viveu?

Nós não vivemos todos os dias. Às vezes, deixamos de viver. Em outras, simplesmente esquecemos. A tênue diferença entre viver e existir é o que determina nossos dias de vida e os dias de existência. Afinal, tudo o que nos rodeia existe, mas pouca coisa há vida. Você vive ou sobrevive? A simples existência é o que te causa frustrações. Existir é abdicar-se de se expressar e, principalmente, de sentir. A existência é a vida entorpecida com a mais forte substância: a rotina. Ela faz com que os dias se pareçam tão iguais que, buscar vivê-los, se torna banal.
Ninguém precisa viver hoje, se amanhã vai ser exatamente como ontem e todos os outros dias.
E, logo, já será sexta e essa semana que passou voando, é só mais uma, dentre tantas, que não aconteceu nada demais. Isso me atordoa. Ver as pessoas imersas no padrão do dia-a-dia, fá-las esquecer que a vida é só uma e a necessidade, por hoje (sim e sempre), é realizar sonhos, alcançar objetivos e traçar metas. Ninguém é feito de amanhã. Ninguém será alguém esperando por amanhã. Quem assim pensa, deixa de viver e passa a existir. Hoje é o único dia que pode determinar seu futuro. Sobreviver é doloroso. A vida é linda para ser deixada para depois. Não é difícil contar seus dias de vida. Sua idade é o de menos. Uma criança pode ter vivido mais que você e até mais que alguém com idade avançada. Os dias que você viveu estão na sua memória. Sua lembrança mais antiga é o seu primeiro dia de vida. Ali foi quando você nasceu. Até mesmo nos dias ruins você viveu mais que muitos outros em que não aconteceu nada demais. Nesses, você pôde sentir que a sua vida não estava como você desejava. Ter essa percepção, já é deixar a existência de lado. Querer mudar o hoje é um sinal de vitalidade muito forte. Ter a sede pelo amanhã melhor, é começar a viver hoje. Isso é precioso. A busca pela completude é simplesmente o caminho da felicidade.
É pelas faltas que se procura as partes que preenchem.
Mesmo os dias ruins significam dias de vida. Entretanto, nós vivemos quando nós nos encontramos em felicidade abundante, em companhias calorosas e sorrisos memoráveis. A vontade de amar nos move em vida. O desejo de fazer o bem é declarar vida ao outro. Cuidar é viver em paz. Vibrar num show é viver em multidão. Músicas são cinco minutos de vida. Um filme romântico tem noventa minutos de uma vida que a sua pode superar. A coragem é a capacidade de viver diante dos seus medos. Perdoar é querer viver junto. Até o adeus é vida. Com ele, se tira uma vida da nossa em busca de outras que possam atribuir dias vívidos dali para frente. Dá para viver de inúmeras formas durante a vida. Você viveu hoje? Fazer que cada dia seja um dia ímpar e inigualável é estampar seu amor à vida e agradecer por ter forças de fazer o seu melhor para isso. A mera existência é cruel. Criamos nossa vida a partir dos dias que não só sobrevivemos, mas fizemos deles tão marcantes, que os levamos para sempre. Qual a última vez que você viveu? Foi há muito tempo? Faça a sua acontecer agora. Ninguém é alguém apenas com a sua existência. A vida começa hoje. A vida acontece no presente. Acontece hoje. Hoje, o presente. Hoje, um presente. E você o abre para que amanhã possa ser, mais uma vez, um novo dia cheio de vida. Assim, na alegria de viver, alcançamos, enfim, a realização. Porque na vida, se você querer e fizer o bem, pode deixar, que o resto vem. 
9 comentários

9 comentários:

Ana Paula Fuentes disse...

Mariii quanto tempo que não venho aqui, mil perdões linda ♥
Acho que muita gente nem da valor na vida as coisas que tem em volta muito nem sequer pensam nisso, triste :/

Manu Sampaio disse...

É exatamente isso, existe uma diferença entre viver e simplesmente existir. Viver é muito mais complexo que respirar mas ficar em quase "estado vegetativo".
Beijos ♥

Garota de All Star

Larissa disse...

Gente, que blog perfeito, vou visitar sempre, adorei! Acho que nós só conseguimos viver de verdade, quando pequenas coisas não secam nossos corações.
http://garotadilemablog.blogspot.com.br/

Aline disse...

Primeiro quero dizer que estou encantada com o seu blog! É tudo muito lindo e encantador aqui,parabéns!!
Adorei o texto,lindas palavras, concordo com você, nada melhor do que viver a vida, com responsabilidade mas também sendo feliz!
Beijinhus flor!

mush disse...

Primeiro: PARA DE SUMIR, UHSAUHSAUHS
Poxa, nem sei, faz bastante tempo... Tudo é tão monótono e raras vezes consigo mudar alguma coisa. :/
Beijos ♥

Conspirantes

Gabii Cavalcanti disse...

Heey, adorei o blog ;3
Bjzuuus, Gabii.
http://perpink.tk

Nina disse...

Tem muita gente sofrendo por antecipação e preocupando-se demasiadamente com o dia de amanhã. Sei que é importante ter um futuro, fazer planos e focar-se nisso. Mas o hoje importa mais. O dia de hoje deixará de existir e do amanhã não temos certeza.
Abraços.

Camila Gomes disse...

Olá Mariana,

Boa tarde! Hoje, estou aqui para pedir seu apoio e de seus seguidores.
25 de novembro. Poucos têm conhecimento da importância dessa data.
Por favor, tire cinco minutos apenas e abrace essa causa! Visite meu espaço e deixe sua solidariedade.
Por uma vida sem violência! Temos nossas palavras, vamos usá-las juntos!

http://camillacris.blogspot.com.br/2012/11/a-mulher-que-colecionava-naos.html

Obrigada!
Camila Gomes

Mariana disse...

Blog muito bom!!
http://blogdasmeninasfixes.blogspot.pt/

Postar um comentário

Os comentários são moderados, mas sua opinião é sempre bem-vinda! Comentários desrespeitosos ou caluniosos serão banidos.
Fique livre para enviar uma sugestão, dúvida ou crítica: entre em contato comigo.
Certifique-se, antes, se a sua dúvida já está respondida no F.A.Q. Obrigada!

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t

Poderá gostar também de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...