Comportamento, moda, fotografia, música, textos de amor e dicas. Um Blog com tudo aquilo que adoramos fazer antes de sonhar! – Por Mariana Solis

quarta-feira, dezembro 04, 2013


Thigh Gap: nos limites da obsessão

Dia 4 – Questão de opinião
Mais uma vez, os padrões de beleza vão até mesmo contra a anatomia do corpo humano. Ou melhor, do corpo de diversas garotas que não têm estrutura para ter o tão desejado espaço entre as pernas, ainda que com os pés juntos. Thigh Gap, coxa espaçada ou aberta em tradução livre, é o novo símbolo de appeal entre as americanas. 
Não é difícil identificar a inspiração: as passarelas da moda. 
Modelos com corpos extremamente magros e quase sem curva alguma. E aí, caras adolescentes, que mora o problema. A genética tem um ponto fortíssimo nessa questão. O desejado vão entre as pernas está super relacionado com o ideal de thininspiration, de corpos magros, barriga chapada e bumbum durinho. E, acreditem, até associam a uma vida saudável! Doce engano. Incontáveis meninas se submetem a dietas extremas e até à subnutrição só para ter um espaço entre as pernas. Tudo bem se disser que ao cruzar as pernas fica mais bonito e ao andar também. 
Mas o que mais assusta é fingir que não existem outras formas de beleza
São várias e várias formas de ser e de se sentir bonita. E nem precisa de um buraco entre as coxas. Sabe, acredito muito no poder do amor próprio e da auto-estima. No fim das contas, a personalidade é o que mais conta. O corpinho seco e com thigh gap vem de brinde. Essa inversão (primeiro o corpo, depois eu) é dolorosa e cruel. Tristemente, a mídia fortalece essa influência. Não tem problema n-e-n-h-u-m se as suas coxas se encostam e isso não te faz pior que ninguém. Elas são lindas dessa forma! Eu assumo: amo as minhas e sinceramente, jamais me submeteria a uma ideia –convenhamos– louca para um ter um thigh gap
Engraçado que, enquanto eu procurava mais sobre o assunto, me deparei com várias garotas do "movimento" que defendem com unhas e dentes as coxas espaçadas e ignoram o quadro doentio da prática. Muitas delas não sabem que, mesmo com o emagrecimento de forma excessiva e sofrida, o thigh gap NÃO vai aparecer
Simplesmente porque elas nasceram assim. 
Porque a estrutura óssea dela, principalmente os ossos do quadril, não permite que haja ali o vão. Claro que, sem generalizar, muitas meninas praticamente "nasceram" com o thigh e se consideram sortudas. E conseguem ser bonitas dessa forma. Por outro lado, coitada daquelas que invejam um espaço tão pequeno, mas com consequências tão grandes à saúde. E se perdem na beleza alheia por não entender que o amor próprio que deveria estar fortalecido dentro delas, independente de um thigh gap. Nas coxas estão os músculos mais fortes do corpo, responsáveis pela sustentação e essenciais no bombeamento do sangue. E aí, na neura de ser skinny, garotas e mais garotas perdem massa muscular rapidamente e comprometem até mesmo a carga hormonal. Deplorável, não é? E a paranoia já é tanta que algumas delas optaram por uma intervenção cirúrgica e considerada muito dolorosa, para se adequar à efêmera beleza superficial e vazia. Não consigo me conformar. Esse ideal tão enaltecido não constroi a beleza concreta, consolidada e para a vida toda. E eu falo da real beleza, a que vem de dentro.
Não sei, mas prefiro investir em outros limites. Nos limites da alma e da mente. E de obsessão dispenso qualquer ajuda. Procuro meu espaço no mundo e não entre as pernas. Sou dessas.
2 comentários

2 comentários:

Giovanna Lemos disse...

é realmente muito triste saber que existem pessoas que valorizam apenas um padrão de beleza , e o padrão mais doentio.
Um beijo
cheiadecapricho.blogspot.com

Jaque Carneiro disse...

:m, escreve demais essa minha irmã... acho que sei quem vai fazer as proximas homenagens... rs

Postar um comentário

Os comentários são moderados, mas sua opinião é sempre bem-vinda! Comentários desrespeitosos ou caluniosos serão banidos.
Fique livre para enviar uma sugestão, dúvida ou crítica: entre em contato comigo.
Certifique-se, antes, se a sua dúvida já está respondida no F.A.Q. Obrigada!

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t

Poderá gostar também de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...