Comportamento, moda, fotografia, música, textos de amor e dicas. Um Blog com tudo aquilo que adoramos fazer antes de sonhar! – Por Mariana Solis

quinta-feira, abril 09, 2015


Precisamos falar sobre amor próprio

Qual parte do seu corpo você já amou hoje?
Foi essa a pergunta que começou a mudar um pouquinho da minha vida. Eu sei, eu te entendo quando você se sente triste quando se olha no espelho. Sei o quanto é difícil se amar do jeito que se é. Chega a ser desafiador. E foi esse o desafio que me propus. Amar pelo menos uma parte de mim a cada dia. Mesmo que, você sabe, o cabelo insista em não ficar tão bem assim. 
Eu me peço, diariamente, permissão para ser um pouco mais feliz do lado de fora. Eu me permito que as aparências sejam irrelevantes para sentir a essência da vida. Quando estou sem forças para seguir o que eu acredito, eu gosto de me despir de tudo aquilo que me aprisiona. A rotina, as preocupações, os medos, as ansiedades, as decepções são pequenas prisões. E, acredite, se libertar delas não é uma tarefa fácil. Tento me dedicar mais aos beijos, abraços, sorrisos, conselhos e às pequenas coisas que me alegram. É assim que sou uma festa dentro de mim e a felicidade é minha maior convidada. Mesmo que eu carregue comigo cicatrizes, angústias e dias difíceis. E, então, só suplico para que eu seja, verdadeiramente, morada de sentimentos bons. Que eu tenha alegria de viver. Que eu seja leve, livre, linda. 
Que eu simplesmente seja. 
Eu me declaro confiscada para sentir o que me faz bem, para viver o que me engrandece e sorrir a felicidade sorrateira que transborda. Se fosse para abrir mão de alguma coisa, eu escolheria tudo aquilo que tenta me dizer que não sou capaz. Eu escolheria cada voz que um dia disse que eu não consigo. Mas eu consigo. Sou a pessoa que mais deve acreditar em mim. E eu te peço que também seja essa pessoa na sua vida. Eu posso ser um exagero poético mas também posso escolher ser uma calmaria literária. Posso ser muito, mas também posso ser o suficiente. Posso alcançar a lua, mas sem desistir das estrelas. 
Se eu quiser, posso habitar uma constelação em mim e as estrelas seriam cada dia que sorri. 
Eu te peço, menina, que tenha um pouco mais de paciência e amor – sim, amor – com seus defeitos. Tente perceber que eles fazem parte de você e isso não te faz pior que ninguém. Todos nós somos assim. Sinta-se livre para errar. Tente se arrepender menos. Considere toda forma de experiência – boa ou ruim – como um aprendizado. E isso vai fazer com que tudo seja mais leve. Dessa eterna insatisfação humana, só me resta buscar um pouco mais do que me faz sorrir. Não preciso reclamar sempre, mas também não preciso parecer bem todos os dias, se eu não quiser. Hoje entendo que amor próprio pode ser tudo aquilo que faz meus olhos brilharem. É produto da admiração pelas coisas que me cercam e que de alguma forma uso para ser feliz. 
É a vontade de alcançar o que faz da minha completude mais intensa. 
Porque sim, todas nós somos completas sozinhas e talvez seja isso que muitas de nós ainda não entendem. O que talvez precisamos – ou buscamos – são aquelas companhias capazes de nos fazer transbordar.
Mas qual é o segredo? Menina, vou te dizer que não há segredos nem fórmulas. Não existe um manual da mulher bem resolvida. Não engula essa história de que você é menos mulher por acreditar em algo diferente, por ter um estilo diferente, por ser diferente. Não deixem que te digam como você deve ser, o que deve comer e qual roupa você deve abolir do seu armário. Sim, amor próprio é autonomia. É se libertar. 
E eu gostaria que entendesse que isso não tem nada a ver com o que os outros pensam de você. 
É autoaceitação, é perceber que o teu corpo só te pertence e que não, você não precisa mudar para ser feliz. A mudança, se é o que você tanto almeja, deve partir de você, do que busca melhorar, e não do que te dizem que é o melhor. É que nem amor: cada um sabe o que faz o coração bater mais forte, em ritmo de carnaval. O amor próprio não é muito diferente. Ele é aquele que te faz se apaixonar por você todos os dias. Apesar de todas as brigas consigo mesma. Apesar dos dias ruins. Mesmo que ainda haja assuntos pendentes e coisas a se resolver. 
Porque o amor também é assim. O amor próprio não seria diferente.
E eu quero te dizer uma coisa hoje. Se ame, mesmo que ninguém diga. Mesmo que você também não tenha coragem de te dizer. E jamais desista de você. Lembre dos teus sonhos, de tudo que você tem e pode ter. De quem você é e pode ser. Olhe-se e se ame por ser assim. Ame suas imperfeições. O que importa é o que te faz feliz. Se ainda não consegue se amar por completo, ame pelo menos uma parte de você a cada dia. Seja a melhor pessoa para si, só assim você pode ser melhor para quem você ama e quem te ama. Você pode ser diferente. Você pode sorrir desse seu jeitinho engraçado. Você pode dançar no ritmo mais insano. Você pode gostar daquela comida que só você gosta (e inclusive fazer propaganda do quanto é boa, mesmo que só ao seu paladar). Você também pode ouvir músicas que ninguém conhece e cantá-las no chuveiro, no quarto ou na rua. Não importa. Não importa se alguém te olhar torto. Isso te faz única. Essa é a real beleza de ser quem você é. 
Isso é amor próprio.
Você poderia ser mais bonita hoje, se já não fosse linda sempre. 


Hoje o blog completa 5 anos. Muita coisa aconteceu, muita coisa mudou na minha vida e hoje percebo o quanto tenho sentido falta de estar aqui. São 5 anos que o blog faz parte da minha vida e de mim. E eu amo, amo profundamente, o Antes de Sonhar. E agradeço a cada um que faz parte da história do blog e da minha história. Como gosto de dizer, é um sonho que vocês fazem parte. Mais uma vez, obrigada de coração!
3 comentários

3 comentários:

Samara Even disse...

Wow!! \o/ Mari do céu, tu arrasou, viu! O texto falou comigo, falou de mim, me entendeu. Amei e me emocionei. Fico super feliz por você estar se aceitando também. Não estamos sozinhas, viu. <3 Beijão e parabéns pelo aniversário do blog!

Luuh Leão disse...

Amei seu blog e tu escreve muito bem :t
Parabéns linda ♥
http://meninachilli.blogspot.com.br/

Camila Marques disse...

Oiii amore! Amei seu blog, tudo muito bem organizado, já estou seguindo e irei visita-lo sempre �� (VC escreve se uma maneira com fácil compreensão, amei o post).
Também tenho um blog: http://garotaexemplar2015.blogspot.com/
Beijoss
Ate a próxima!

Postar um comentário

Os comentários são moderados, mas sua opinião é sempre bem-vinda! Comentários desrespeitosos ou caluniosos serão banidos.
Fique livre para enviar uma sugestão, dúvida ou crítica: entre em contato comigo.
Certifique-se, antes, se a sua dúvida já está respondida no F.A.Q. Obrigada!

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t

Poderá gostar também de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...